Lost.

Me sinto perdida, realmente perdida. Terminei o colegial, já tenho alguma experiência na carteira de trabalho com apenas 17 anos. Perto de muitos, estou realmente adiantada. Mas não pra mim. Quero trabalhar, juntar algum dinheiro. Comprar meu celular, fazer minhas tatuagens, gastar em maquiagens, créditos, roupas, sapatos, óculos escuros novos, uma aliança. Depositar o que restar na poupança pra comprar uma moto quando tiver a CNH em mãos. Quero muito e faço o que posso pra isso. Porém, nem sempre ‘o que posso’ é o suficiente.

Hoje vi Vitória, ao menos. Completamos o primeiro mês de namoro. Um ótimo mês, com tudo o que fizemos. Sendo apenas conversas ou… Conversas com certas intenções, digamos, cada um dos dias passamos com ela fizeram desse mês especial. Me sinto bem com ela, por mais distante que ela esteja. E me sinto bem pertencendo à ela, pensando nela, sabendo que ela é minha. E ela é, apenas minha.

Anúncios
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: