Primeiro dia.

Comecei hoje no trabalho. É legal, eu gostei. Prefiro passar o dia diante de um computador, arquivos, folhas e telefone do que subir e descer escadas feito louca pra conquistar clientes com sapatos mais bonitos. Notei que não nasci mesmo pro comércio. Se bem que estou apenas aprendendo as funções e a falta de vontade do filho do patrão em me ensinar outras coisas atrapalha um pouco. Já sei atender ao telefone, registrar as contas a pagar, organizar pastas enormes, cadastrar clientes e até passar/receber um fax. Achei incrível. E trabalhando lá eu sinto como se estivesse fazendo alguma diferença na empresa. Não que seja uma grande empresa, mas mesmo em uma mecânica o que eu faço ajuda e muito. Gosto da sensação de ser responsável por algo, ter uma sala ‘pra mim’ e tudo o mais. Gosto, gosto.

Sinto dores nas costas, preciso arrumar uma boa posição pra trabalhar, a menos que queira substituir a antiga dor nos pés pela dor nas costas. Vou assistir Queer as Folk e deixar o tempo correr. Bom chegar em casa só às 18h… Noto que o dia praticamente se foi e resta muito pouco pra que ela volte.

Ah, sinto raiva de alguém. Quem ferra com qualquer amigo meu, merece ao menos a minha raiva. E é uma merda assumir, mas minha intuição nunca falha. Espero que a falha que eu tanto desejo seja a primeira.

Anúncios
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: